Fátima Alves-Alma sensível e Poetisa da Caatinga

Poesias e prosas(sentimentos à flor da pele)

Textos


Eu e Deus!

Sabe meu Deus! Eu não preciso verbalizar e nem escrever nada para Ti, porque tu sabes tudo sobre mim... Me sondas e me conheces no meu mais íntimo coração. Então meu Pai! Mesmo eu sabendo de tudo isso que acabei de lhe falar, ainda assim, preciso Te falar o que está hoje na minha cabeça. Sabe Pai! Minha fé é pequena... E tem horas que me bate o medo... Nesta noite senti dores nas costelas onde tenho lesões e fiquei com muito medo... Medo de chegar o fim do meu viver aqui na terra. Porém, estive com a minha médica no final da semana passada e ela me disse que estou ótima. Do seu consultório saí feliz porque Tu tomas conta de mim e prolonga os meus dias, pois vivo a te pedir como fez com o rei Ezequias no passado, quando Tu prolongastes os seus dias de vida por mais quinze anos. É com esse exemplo de fé que me agarro e creio que estais a fazer o mesmo comigo. Pensando dessa forma, acredito no teu poder e nele espero...
Frente ao medo que estou sentindo, Te peço que retire de essa fraqueza e me encha de fé, para que eu possa viver sem ter que pensar diariamente sobre a morte, porque quero viver intensamente o tempo que me resta, sem sentir a presença e o fantasma do fim. É na vida com Jesus que quero pensar e vivê-la todo dia com a mente santificada a cada momento. Quero continuar a viver sempre feliz, como tem sido toda a minha vida... Meu Deus! Não me deixe viver com medo, porque isso é muito ruim para mim e também para todos que convivem comigo. Então Te peço! Me faz ter uma fé que vem de Ti, porque ela é a verdadeira. E somente ela é capaz de nos fazer o impossível. Eu creio assim! E por isso espero vitórias!
xxx
Maria de Fátima Alves de Carvalho
Poetisa da Caatinga
Natal, 05. 01.2021
Maria de Fátima Alves de Carvalho
Enviado por Maria de Fátima Alves de Carvalho em 06/01/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras