Fátima Alves-Alma sensível e Poetisa da Caatinga

Poesias e prosas(sentimentos à flor da pele)

Textos


Borboleta em meu jardim

Borboleta está feliz
Ao voar no meu jardim
Toca leve cada flor
E a poliniza com amor

Borboleta vem de longe
Buscando um cheiro gostoso
Que o vento lhe levou
Mas não disse de qual flor

Borboleta se encanta
Ao chegar de manhazinha
Num jardim tão delicado
Com tantas flores se abrindo

Borboleta tem mil dúvidas
Do perfume que sentiu...
Quando o vento lhe levou
E por ele se apaixonou

Borboleta ficou tonta
De paixão pelo jardim
E agora não quer mais
Dessas flores despedir-se
***
Maria de Fátima Alves de Carvalho - Poetisa da Caatinga
Natal, 30.09.09
Texto do meu livro "Palavras Singelas e Encantamentos..."
Foto de minha autoria

“Ás borboletas amarelas, laranjas, brancas, marrons e pretas que visitam minhas flores”
Maria de Fátima Alves de Carvalho
Enviado por Maria de Fátima Alves de Carvalho em 30/09/2009
Alterado em 06/09/2020
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras