Fátima Alves-Alma sensível e Poetisa da Caatinga

Poesias e prosas(sentimentos à flor da pele)

Textos


Menininha inocente

Menininha travessa e inocente
Brinca bem feliz alegre a cantar
Seu jeito meigo, amorosa e contente
Nunca cansa  está sempre a brincar

Em qualquer lugar de sua casa
Constrói seu castelo muito encantado
E a felicidade pra ela é asa
Na fantasia ali é seu reinado

Pequenina, morena, frágil e bela
E parece tanto com bela flor
Eu sempre me rendo aos encantos dela

Ah! Minha linda e doce Belinha
Criança... presente e quão divinal
Semente a brilhar igual estrelinha.
***
Fátima Alves - Poetisa da Caatinga
Natal, 03.02.09
Texto do meu livro "Palavras Singelas e Encantamento..."
Dedicado ao meu anjo:
A moreninha de cabelos cacheado Ysabelle
Foto de minha autoria




 
Maria de Fátima Alves de Carvalho
Enviado por Maria de Fátima Alves de Carvalho em 02/02/2009
Alterado em 06/02/2017
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras