Fátima Alves-Alma sensível e Poetisa da Caatinga

Poesias e prosas(sentimentos à flor da pele)

Textos


Borboleta amarela

Borboleta amarela
Tão leve e singela!
Como é bonito lhe ver aqui
Voando leve em meu jardim
E cada flor a lhe esperar
Todas querendo o seu amor

Oh! Encanto de criatura!
Pureza frágil e bela
Tu alegras cada recanto
Onde as flores te envaidecem
E a tua imagem me encanta
Fico feliz quando lhe vejo

Minha linda borboleta
Cuido das flores pra ti
Venha aqui neste jardim
Derramar sua beleza
Onde o meu pé de jasmim
Floresce o ano inteiro
Só para te encantar!
***
Fátima  Alves - Poetisa da Caatinga
Natal, 16.11.08
Texto do meu livro "Palavras Singelas e Encantamentos..."
Foto de minha autoria
Maria de Fátima Alves de Carvalho
Enviado por Maria de Fátima Alves de Carvalho em 16/11/2008
Alterado em 03/02/2017
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras