Fátima Alves-Alma sensível e Poetisa da Caatinga

Poesias e prosas(sentimentos à flor da pele)

Textos


Estou com saudades...

Oh ausência infinda!
Por que judias comigo?
O tempo está passando
Na minha mente como um filme...
Lembro dos meus filhos pequenos
Dizendo que me amavam...
Hoje eu já não escuto mais
Essas palavras de amor
É preciso que eu procure esse amor
Nos gestos do dia a dia...
E se torna difícil... O tempo os esfriou!
Eles já não falam mais...
Mais eu preciso ouvir!
Também sinto saudades
Dos meus netinhos que estão longe
Queria tê-los aqui comigo
Mais o tempo não permite...
E eles crescem longe de mim
Tenho que me contentar com fotos
E com chamadas de vídeos
Mas isso pra mim não basta...
Quero abraça-los!
Falar do meu amor...
E dizer aos meus filhos e netos
Que eles são meus presentes preciosos
A razão do meu viver...
**
Fátima Alves – Poetisa da Caatinga
30.04.2017
Maria de Fátima Alves de Carvalho
Enviado por Maria de Fátima Alves de Carvalho em 30/04/2017
Alterado em 30/04/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras