Fátima Alves-Alma sensível e Poetisa da Caatinga

Poesias e prosas(sentimentos à flor da pele)

Textos


Agradecimento ao Deus que me criou

Meu Deus e supremo criador universal!
Nesta noite em que tanto se festeja pelos mais diversos motivos e feitos realizados no ano que passou, e eu como não tive na minha vida de infância e adolescência essa realidade festiva, nem sei me preparar para tal coisa, pois o que fazíamos, era ir a missa rezar e agradecer. E ainda continuo assim, porque é dessa forma que me sinto bem. E por tudo que a vida nos ensinava...aprendemos que esse ato singelo tem um valor simbólico de grande importância. Hoje não vou mais a missa, tenho outra crença, mas a mesma fé em ti... e por isso, venho consagrar em teu poder toda a minha família, amigos, vizinhos, a minha cidade e o meu país. Somos teus e não permita senhor que o mal venha ceifar vidas onde estivermos. Faz brotar aqui nesse lugar todas as sementes do bem que teus filhos plantarem. E não deixe que nenhuma murche, que nenhuma seja arrancada ou queimada pela seca e infertilidade de algumas porções ainda por nós descuidadas do nosso coração.
 
Pai celeste, tu nos conheces em profundidade e sabes absolutamente tudo do mundo interior de cada um de nós. E assim, senhor meu, me rendo a teus pés para te agradecer infinitamente o que tens me concedido nesse mundo terreno. Sabe pai! Tudo que te pedi, tu me concedestes, até mesmo as coisas que nunca verbalizei, mas que sabes que estão em meus desejos. E além disso pai, tu que conheces minhas necessidades, sempre me acrescenta maravilhas que não te peço... e eu em minha incompletude e fraqueza, sei que não correspondo de fato a grandeza desse amor que fazes jorrar sobre a minha família. Mas te peço constantemente que me fortifique em tua fé, porque reconheço a missão que tu me destes desde que nasci e ela não é fácil, mas tu tens me levado a sentir que a tua vontade impera e opera sobre mim, mesmo quando muitas vezes ajo contigo de forma desobediente.
 
Na minha vida de vitórias constantes, meu idolatrado pai, tenho infinitos motivos pra te agradecer e te exaltar todos os dias e em todos os lugares. E tenho feito isso, mas sei que te desagrado em muitas coisas e mesmo assim, tu me perdoas e me proteges sempre. Sinto-te em mim o tempo todo e graças a tua presença em meu coração, o mal não me atrapalha. É a tua luz que habita de fato em mim, mesmo eu não sendo merecedora. Portanto, te agradeço pelo filho e filha que me destes de presentes e que com certeza, além do teu amor, estes foram e serão eternamente meus maiores tesouros. Também te agradeço pelo esposo maravilhoso que me destes e que eu nem correspondo tanto. Obrigada por ter nascido no campo e num berço tão pobre de bens materiais.Obrigada por ter pais analfabetos e ter uma família tão humilde, porque esse fato me fez crescer infinitamente no teu amor. E por tudo que passamos em família, o meu coração mesmo pecador... é totalmente recheado com a tua sabedoria, a qual só se adquire na rica escola da vida, essa em que me colocastes mesmo sem que eu nquizesse lá ficar.
 
Amado pai! Mediante todas as vivências desde a infância até os dias de hoje, reconheço que tu me queres no arar da terra, no plantio e na colheita da tua seara. Portanto, te entrego o meu espírito para que como sempre, ele seja preparado a cada dia pelo teu amor. E te peço que nunca me deixe afastar-me de ti, ainda que alguma tempestade tente me arrastar. Resgate-me sempre! Eterno pai, porque é na tua paz que quero viver aqui e na outra dimensão. Protege todos da minha família e não deixe que nenhum deles se afaste do teu amor.
E para finalizar, te exalto, te louvo e te adoro, porque somente a ti, reconheço como meu supremo Deus. Abençoa todas as esferas da minha vida e como maravilhoso Deus meu! Nesta noite de tanta festa material, o meu coração se regozija e se alegra profundamente... porque só tem motivos para te agradecer e quer te pedir somente as porções necessárias para continuar sendo feliz. E isso, amado pai, só o teu coração é capaz de saber. Concede-me e aos meus...de acordo com a tua vontade, porque nela sempre haverá o melhor pra nossas almas.
Te amo infinitamente Pai celestial.

Fátima alves / Poetisa da Caatinga
Natal, 31.12.2008
Maria de Fátima Alves de Carvalho
Enviado por Maria de Fátima Alves de Carvalho em 31/12/2008
Alterado em 31/12/2011
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras