Fátima Alves-Alma sensível e Poetisa da Caatinga

Poesias e prosas(sentimentos à flor da pele)

Textos


Minha flor de bugari

Entre tantas flores que cultivo
Uma delas eu prefiro!
É a flor do bugari
Flor pequena e perfumada
Difícil de ser encontrada
Mas que mora dentro de mim

Nunca quis ter preferência
Por nenhum tipo de flor
Meus olhos se encantam com todas
Pois elas enfeitam meu mundo
Minha alma entende a grandeza
Que o nosso Deus por amor
Colocou em cada flor

Mas a flor de bugari
Pra mim é especial
Toda vez que a contemplo
Volto lá na minha infância
E ao lado de sua roseira
Me vejo sempre brincando

Essa linda e pequena flor
Guardei em meu pensamento
E lá no meu coração
Plantei a sua roseira
Pra criança que há em mim
Nunca esquecer o seu cheiro
E feliz viver brincando...

Carvalho/14.08.08
Maria de Fátima Alves de Carvalho
Enviado por Maria de Fátima Alves de Carvalho em 14/08/2008
Alterado em 23/02/2010
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras